Passeios combinados

Os passeios combinados fazem a interpretação comparada entre dois autoress. 

Eça de Queirós e Cesário Verde

Início: Cais do Sodré (junto ao rio)

Fim do Percurso: Praça dos Restauradores

Dois escritores da mesma geração, um frequentando a alta roda, os meios diplomáticos e intelectuais, o outro dedicado ao comércio e escrevendo nas pausas disponíveis do seu quotidiano. Eça será o grande introdutor do realismo na literatura. Cesário, embora verde, fará exactamente o mesmo na sua poesia de pinceladas realistas sobre o que observa desde a sua loja ou nas deambulações por Lisboa. O nosso desafio é combiná-los e passear com os dois escritores que em vida talvez nunca se tenham cruzado, palmilhando as mesmas praças e descobrindo amizades comuns.

Eça de Queirós e Almeida Garrett

Início: Largo Trindade Coelho (Igreja São Roque)

Fim do Percurso: Rossio

Estes dois vultos da Literatura portuguesa são o ponto de partida para descobrir a Lisboa oitocentista. O fundador do conservatório de Arte Dramática convida-nos a caminhar do Bairro Alto ao Rossio, passando pelo Chiado elegante e pitoresco de Eça de Queirós. Evocando os amores de Garrett, as suas múltiplas moradas em Lisboa, as modistas e barbeiros, cruzamo-nos com o espírito jornalístico, as livrarias, os cafés frequentados por Eça de Queirós. De mãos dadas iremos à descoberta do século XIX que não seria o mesmo nas Letras sem a figura cimeira do Romantismo e o escritor maior do Realismo.

Fernando Pessoa e Cesário Verde

Ponto de Encontro: Praça do Comércio (Junto ao arco da Rua Augusta)

Fim: Rossio

Procuremos o espírito de Cesário Verde na velha baixa lisboeta de escritórios e armazéns onde a figura de Pessoa se confunde com a de Bernardo Soares. Afinal Cesário Verde é o “pai” dos heterónimos de Fernando Pessoa e o mestre de Alberto Caeiro e Álvaro de Campos. Combinar estes dois poetas é lógico. O génio de Pessoa e Cesário mistura-se ainda num Sentimento e numa Mensagem que tardam em ser descodificados tantos anos volvidos após a morte física mas não poética.

Fernando Pessoa e Ricardo Reis

Ponto de EncontroInício: Rossio (Junto à Estátua D. Pedro IV)

Fim: Praça do Comércio

Uma trilogia de vozes conduz-nos pela trama do romance de José Saramago. A voz do prémio Nobel será escutada pelas ruas onde Fernando Pessoa caminhou, agora transformado em fantasma do seu heterónimo Ricardo Reis. Este passeio começa em 2010 com a morte de José Saramago e a sua herança deixada na Fundação de seu nome. Recuamos até 1935 para acompanhar o regresso de Ricardo Reis a uma Lisboa que tenta redescobrir e nos nove meses que dura a sua nova vida iremos ao largo da aldeia onde nasceu Fernando Pessoa e ao alto de Santa Catarina de onde partem criador e criação para a imortalidade.

(Des) encontro em Belém

Ponto de Encontro: Parque de estacionamento dos autocarros em frente ao Mosteiro dos Jerónimos

Atenção: Desde Dezembro de 2011, por imperativo da Igreja do Mosteiro todas as visitas guiadas no interior da igreja são realizadas com auriculares, pelo que acresce o pagamento de 1,50€ por pessoa.

Este passeio não se realiza ao domingo e à 2ª feira, considerando as restrições religiosas e o dia de encerramento do Mosteiro dos Jerónimos.

Mensagem e Lusíadas

Luís de Camões e Fernando Pessoa

História, Mito e Utopia norteiam este percurso no bairro de Belém que permite a (re)descoberta de duas obras-primas da literatura portuguesa. A partir de monumentos e espaços incontornáveis do Manuelino e do Estado Novo, traçaremos rotas convergentes e divergentes dos textos de Camões e Pessoa, no sentido de reflectirmos sobre as múltiplas visões de “Império”, sobre as viagens realizadas e imaginadas, sobre os indivíduos e os seus contextos. Veremos ainda até que ponto eram distintos os desafios, as denúncias, as exaltações e as aspirações contidos n’Os Lusíadas e na Mensagem.

Observações: O passeio inclui a visita à Igreja do Mosteiro dos Jerónimos.  Para visitar os claustros a escola deverá fazer a respectiva marcação junto dos Serviços Educativos do Mosteiro,  indicando que o grupo será acompanhado por um guia-intérprete credenciado  e identificado.